Raia Drogasil amplia venda on-line e pode atingir 3,5 mil lojas em 2025

A RaiaDrogasil acredita que há espaço para abertura de 240 lojas ao ano nos próximos quatro ou cinco anos, disse ontem o presidente da varejista, Marcilio Pousada, durante a Live do Valor. Se mantiver esse patamar, o grupo deve chegar a cerca de 3,5 mil farmácias no fim de 2025, ainda liderando o segmento. Atualmente, são cerca de 2,4 mil lojas no país.

“Não vejo nada hoje que impeça isso [manter o atual nível de cerca de 240 inaugurações, em média, ao ano]. Temos visto oportunidades em novos municípios pelo país que antes não eram exploradas”. Até o fim de novembro, a empresa abrirá quatro lojas no Acre, Amapá e Roraima, completando a presença em todos os Estados brasileiros.

A empresa ainda estuda implementar a venda, em suas lojas, de produtos dos lojistas de seu “marketplace” (shopping virtual) até o fim de 2022. O cliente poderá encomendar, por meio de terminais nas unidades, o produto vendido na plataforma, para entrega em casa. Hoje, o grupo tem cerca de 60 mil produtos disponíveis em seu marketplace e 200 vendedores.

Segundo o executivo, o marketplace não pode ser uma estratégia isolada na empresa. “Ele tem de estar ligado a nossas farmácias. Vamos atuar apenas em saúde, bem-estar e beleza. Não vamos entrar em outro negócio”. O grupo ainda estuda a possibilidade de vender produtos de outros lojistas que não sejam apenas complementares a sua plataforma, mas também de concorrentes, se considerar que a proposta faz sentido ao cliente.

“O Mundo Verde quer vender com a gente, então, é tudo uma questão de fazer sentido, dentro da nossa proposta, e que esteja dentro das nossas áreas fortes”.

Questionado se o grupo tem plano de entrar em outros marketplaces, como Mercado Livre, Magazine Luiza e Americanas, para vender os seus produtos, Pousada disse que toda oportunidade é levada em consideração, mas não sinalizou um movimento claro nessa direção agora. A rival Drogaria São Paulo está no Mercado Livre. O cliente faz o pedido, e retira nas lojas (ainda não há entrega pela plataforma).

“Não digo que é impossível, mas eu já tenho quase 2,5 mil lojas que fazem entregas, então eu já tenho o ‘last mile’ [etapa final da entrega ao cliente]. E vamos lembrar que nós vendemos medicamentos, e há questões regulatórias e de responsabilidade nessa entrega”.

Na visão do comando do grupo, a força logística da rede, especialmente a sua base de mais de 2 mil lojas (que funcionam como mini centros de distribuição), é uma oportunidade que estaria fora dos cálculos de analistas. “O mercado financeiro não está entendendo o que nós temos. Em abril de 2018, eram 1,9 mil lojas, e todas operando com o serviço ‘compre e retire’. Hoje temos ‘players’ digitais falando que têm 150 lojas que fazem isso. Nossa revolução foi acreditar que o digital depende das lojas”.

De todos os produtos vendidos digitalmente, 80% das entregas ao consumidor são feitas pelas lojas do grupo. Segundo o executivo, 9% do faturamento total hoje vem do on-line, e essa taxa vem se mantendo, mesmo com a maior circulação de pessoas. Entre 2018 e 2019, representava 1,5% das vendas.

Pousada ainda disse na “Live do Valor ” que as vendas estão “normais” nos últimos meses, apesar do cenário de desaceleração do varejo, pelo fato de o setor de farmácias ser mais resiliente às crises. Ontem, a XP publicou relatório em que destaca o setor como mais preparado para o período de volatilidade.

Para analistas, a expansão do comércio eletrônico pesa na rentabilidade do grupo – já que o on-line tende a ter margens menores – e há ainda o efeito do próprio aumento da competição em praças onde a rede vem tentando crescer. No Nordeste, por exemplo, a Pague Menos retomou crescimento e estaria com ações mais agressivas.

Pousada entende que há concorrentes “acertando também” e mais capitalizados, mas a empresa não se norteia por isso. Sobre margens mais pressionadas, ele prefere não detalhar números atuais, mas diz que eventuais efeitos são reflexo da construção de um plano de ecossistema digital voltado para o longo prazo.

Para conferir a matéria, acesse: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2021/10/07/raia-drogasil-amplia-venda-on-line-e-pode-atingir-35-mil-lojas-em-2025.ghtml

Marcílio Pousada é entrevistado no programa Show Business

http://https://www.youtube.com/watch?v=_ndPzubR5z4

CEO da Raia Drogasil fala sobre o plano de estruturar moderno ecossistema de saúde e formar uma health hub.

O CEO da Raia Drogasil, Marcílio Pousada, é o entrevistado da jornalista Sonia Racy, no Show Business, neste domingo (19). O programa vai ao ar após o Canal Livre, na Band. o executivo fala sobre os planos da empresa em estruturar um ecossistema de saúde e formar uma health hub.

Pousada fala sobre os aprendizados da pandemia e a ampliação digital do setor. Também explica os novos pilares do plano de investimento da companhia, que prevê abrir mais de 200 unidades da rede anualmente, além de estruturar uma empresa omnichannel.

Marcílio Pousada é administrador de empresas e desenvolveu a carreira no varejo. Ele tem passagens pela livraria Saraiva, pelo e-commerce Submarino, pela Officenet, pelo Grupo Walmart, Mappin e C&A. Na Raia Drogasil, lidera 45 mil funcionários em 25 estados.

Sobre o Show Business – O Show Business vai ao ar pela Band para todo o país, na madrugada de domingo para segunda-feira, logo após o Canal Livre, no BandNews e na Band Internacional. Na TV Vila Velha tem reprise aos sábados às 19h, quartas e sextas–feiras às 16h. Na Alpha Channel TV (canal 22 – TV Alphaville), às quartas e sábados, às 22h. O programa também está disponível, na íntegra, em vídeo e em formato podcast no portal LÍDER.INC.

Needs e UNICEF desenvolvem projeto com foco em saúde menstrual

A RD-RaiaDrogasil, por meio da sua marca Needs, e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) se uniram para contribuir com a dignidade menstrual de comunidades vulneráveis de Belém, PA, entre elas a Vila da Barca. Intitulado #PraQuemMenstrua, o movimento irá atuar em iniciativas divididas em três pilares principais: contribuir com a transformação cultural da comunidade; melhorar a infraestrutura local com construção estações de lavagens das mãos ; e capacitar profissionais de educação.

Raia Drogasil donates BRL 100 thousand to support the fight against the pandemic in Manaus

O valor doado será dividido entre o Instituto Nova Amazônia e Time do Bem Manaus e será direcionado principalmente à compra de cilindros de oxigênio e à implantação de mini usinas para a produção de oxigênio na cidade. Raia Drogasil doa R$100 mil para apoio no combate à pandemia em Manaus

This site is registered on wpml.org as a development site.